Vem como quiser
Mostra o que você tem
Que hoje eu sou capaz de enfrentar qualquer um

Por todas as vezes
que de frente ficamos
Venha com força que hoje um tem que cair

Eu sou capaz de me entregar
pra ver onde foi que erramos

Veja onde você errou
que eu olho pra mim
Seja pra onde a gente for,
que seja você o oposto de mim

Levante a bandeira
Reconheça a derrota
Faça a volta que eu já decidi

Um simples toque,
um simples gesto, uma simples palavra,
divide o ego do querer bem o que se tem do lado.
Sair da rotina.
Soltar a mão.
Faz, faz de novo, saia do óbvio, entre na minha mente.
O que você conhece além do meu sorriso,
o que há por trás dele.
Eu não estou reclamando.
Pode vir, vem. Vem!

Coragem faça a volta meu bem
Essa é a voz de alguém que já não quer mais você

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts