Peão Xonado

Eu vou de boiada pelos vãos da estrada dentro do sertão
Eu sou conhecido pelo apelido de Rei do Peão
Bebo água fresca na bica da mina, encho a cabaça
Ser um boiadeiro deste chão mineiro é minha cachaça
Passo na vendinha tomo uma pinguinha pra esquentar o frio
Cruzo a pinguela, vou na casa dela na beira do rio
O pai dela é bravo, eu não tenho medo de homem valente
Dentro do serrado eu fui desmamado por uma serpente


Tira tira tira o som caipira
Da sua viola e vem dançar catira
Faça uma festa pra comemorar
Canta com peão xonado a moda camperira
Hoje é meu noivado guarde a cartucheira
Com a sua filha eu vou me casar


Lá no pé da serra num clarão de terra fica o meu ranchinho
E na relva verde armo uma rede para o nosso ninho
Passo além da ponte da agua, da fonte uma passarela
Qual os passarinhos com muito carinho vão cantar pra ela
Nesse paraiso nem vai ser preciso fazer oração
Pois a natureza reza com certeza com muita emoção
Alí eu prometo viver em dueto com a minha amada
E viver tranquilo pro resto da vida tocando boiada

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir