exibições 338

Aprendi a cantar com o vento
As águas me mostram o caminho
Todo lugar que eu chego é o tempo
De viver e andar não lamento
A saudade não me causa dor
Se ela me pega com furor
Canto como faz o passarinho
Mesmo que a vida traga espinho
Prevalece o perfume da flor

Caminheiro caminhá, até um dia ô laiá
Caminheiro caminhá, até um dia

Viajando com minha canção
Poesias lanço pro céu
Pra viver já rodei meu chapéu
A arte é o meu ganha pão
Minha cantiga é lá do sertão
Cariri é o meu interior
Lá conheci o meu amor
Hoje no peito eu sinto carinho
Mesmo que a vida traga espinho
Prevalece o perfume da flor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir