Black & Blue

Have you ever heard that love, is a metaphor
A metaphor for
The taste of the bottom
The fall to the floor
I fall to the floor

I remember me and you
I remember what you did
I remember being numb
I remember feeling sick
For the taste of the bottom, the fall to the floor
Have you ever heard love is a metaphor
For the way you failed me
And now I'm failing you

(I want you to listen very, very carefully)

Like the serpents tongue, like the storm that shakes me
Like the hand that beats me, till I'm black and blue
Like the autumn chill, like the love that failed me
Let the earth remove me
Black and blue
Black and blue

Have you ever heard that death is a metaphor
A metaphor for
What if I'm not good enough
What if I'm not strong enough
What if I'm not kind enough
For what happens next
For what happens then
What happens then

Like the serpents tongue, like the storm that shakes me
Like the hand that beats me until I'm black and blue
Like the autumn chill, like the love that failed me
Let the earth remove me
Black and blue

Like the serpents tongue, like the storm that shakes me
The hand that beats me black and blue
Like the autumn chill

We can stay here, get the shit kicked out of us
Or we can fight our way back, into the light
And decline our hell, moving one inch at a time

Preto e Azul

Você já ouviu dizer que o amor é uma metáfora?
Uma metáfora para
O gosto do fundo
A queda no chão
Eu caí no chão

Eu lembro de mim e de você
Eu lembro do que você fez
Lembro-me de ficar entorpecido
Lembro-me de ficar doente
Pelo gosto do fundo, a queda no chão
Você já ouviu dizer que o amor é uma metáfora?
Pela maneira como você falhou em mim
E agora estou falhando com você

(Quero que você ouça muito, com muito cuidado)

Como a língua das serpentes, como a tempestade que me sacode
Como a mão que me bate, até eu ser preto e azul
Como o frio de outono, como o amor que falhou em mim
Deixe a Terra me remover
Preto e azul
Preto e azul

Você já ouviu falar que a morte é uma metáfora?
Uma metáfora para
E se eu não for bom o suficiente
E se eu não for forte o suficiente
E se eu não for gentil o suficiente
Para o que acontece a seguir
Para o que acontece, então
O que acontece então

Como a língua das serpentes, como a tempestade que me sacode
Como a mão que me bate até que eu seja preto e azul
Como o frio de outono, como o amor que falhou em mim
Deixe a Terra me remover
Preto e azul

Como a língua das serpentes, como a tempestade que me sacode
A mão que me bate preto e azul
Como o frio de outono

Nós podemos ficar aqui, tirar a merda de nós
Ou podemos lutar contra nossa volta, para a luz
E recusar o nosso inferno, movendo uma polegada de cada vez

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Joel Quartuccio · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Vinícius, Traduzida por Narciso, Legendado por Guilherme
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.