Ai, desse amor que é só meu
Nem a Lua no céu há de me ver sorrir
Se der pra dividir, deixa um pouco pra mim
Que eu nunca mais direi
Que a vida quis assim

Ai, desse amor que é só meu
Nem a Lua no céu há de me ver sorrir
Se der pra dividir, deixa um pouco pra mim
Que eu nunca mais direi
Que a vida quis assim

E juro que vou guardar
Dentro do coração
Os segredos da paixão
Basta um sorriso ou um aceno
Um abraço e teu veneno
Meu pedaço de ilusão

Nem vou me desesperar
Se você vem de lá
Maltratado pela dor
Venha, meu pecado pouco importa
Quero é mais sentir o teu calor
Vem, amor!

Ai, desse amor que é só meu
Nem a Lua no céu há de me ver sorrir
Se der pra dividir, deixa um pouco pra mim
Que eu nunca mais direi
Que a vida quis assim

Ai, desse amor que é só meu
Nem a Lua no céu há de me ver sorrir
Se der pra dividir, deixa um pouco pra mim
Que eu nunca mais direi
Que a vida quis assim

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Jorge Aragão / Jotabe / Sombrinha · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Flavius
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.