Madrugada, eu acordo, me levanto abro a janela
E lá está a noite, perdida,
Eu quero falar com você

De repente te avisto e com a voz te alcanço e corro
pra te encontrar
Me perco, numa densa escuridão

Mas você com graça vem me estende a sua mão
que amor é você
Vem revela coisas novas que eu preciso entender
Ao olhar bem nos seus olhos vejo nada, tudo esmurece
Ouço o som da sua voz tao linda a me dizer:
Senta aqui bem do meu lado tudo já está consumado.

Abro os meus olhos, olho ao redor
Vejo muitos anjos ao redor de você
Anjos cantando outros dançando
Eu te adorando prostrado ao seus pés

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir