Aí, Bezerra, estão prendendo o Escadinha!
Aí, meu irmão, quero ver eles prender o primeiro time
Prender caído é mole!

Eu assino embaixo, doutor, por minha rapaziada
Somos crioulos do morro, mas ninguém roubou nada
Isso é preconceito de cor, vou provar ao senhor

Porque é que o doutor não prende aquele careta
Que só faz mutreta e só anda de terno
Porém o seu nome não vai pro caderno
Ele anda na rua de pomba rolo

A lei só é implacável para nós, favelados
E protege o golpista
Ele tinha de ser o primeiro da lista
Se liga nessa, doutor

Eu assino embaixo, doutor, por minha rapaziada
Somos crioulos do morro, mas ninguém roubou nada
Isso é preconceito de cor, vou provar ao senhor

É, vê se dá um refresco
Isso não é pretexto pra mostrar serviço
Eu assumo o compromisso
Pago até a fiança da rapaziada

Porque que é que ninguém mete o grampo
Num pulso daquele de colarinho branco
Roubou joia e o ouro de Serra Pelada
Somente o doutor que não sabe de nada

Eu assino embaixo, doutor, por minha rapaziada
Somos crioulos do morro, mas ninguém roubou nada
Isso é preconceito de cor, vou provar ao senhor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Bezerra Da Silva / Pedro Butina. Essa informação está errada? Nos avise.
Revisões por 3 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog