exibições 529.775
Foto do artista Bezerra da Silva

Meu vizinho jogou
Uma semente no seu quintal
De repente brotou
Um tremendo Matagal (meu vizinho jogou)

Quando alguém lhe perguntava
Que mato é esse que eu nunca vi?
Ele só respondia
Não sei, não conheço isso nasceu ai

Mas foi pintando sujeira
O patamo estava sempre na jogada
Porque o cheiro era bom
E ali sempre estava uma rapaziada

Os homens desconfiaram
Ao ver todo dia uma aglomeração
E deram o bote perfeito
E levaram todos eles para averiguação e daí

Na hora do sapeca-ia-ia o safado gritou
Não precisa me bater, que eu dou de bandeja tudo pro senhor
Olha aí eu conheço aquele mato, chefia
E também sei quem plantou

Quando os federais grampearam
E levaram o vizinho inocente
Na delegacia ele disse
Doutor não sou agricultor, desconheço a semente

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Roxinho / Felipão / Walmir da Purificação / Tião Miranda · Esse não é o compositor? Nos avise.
Legendado por Michael
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.