Aí malandragem
Já falei pra você que eu nunca arreguei brulho e nem entrei em fria

Já falei pra você, que malandro não vacila
Já falei pra você, que malandro não vacila
Malandro não cai, nem escorrega
Malandro não dorme nem cochila
Malandro não carrega embrulho
E também não entra em fila

É mas um bom malandro
Ele tem hora pra falar gíria
Só fala verdade, não fala mentira
Você pode acreditar

Eu conheço uma pá de otário
Metido a malandro que anda gingando
Crente que tá abafando e só aprendeu a falar
Como é que é? Como é que tá?
Moro mané? É, chega pra cá

Já falei pra você, que malandro não vacila
(Já falei pra você, que malandro não vacila)
Malandro não cai, nem escorrega
Malandro não dorme nem cochila
Malandro não carrega embrulho
E também não entra em fila

É mas um bom malandro
Ele tem hora pra falar gíria
Só fala verdade, não fala mentira
Você pode acreditar

Eu conheço uma pá de otário
Metido a malandro que anda gingando
Crente que tá abafando e só aprendeu a falar
Como é que é? Como é que tá?
Moro mané? É, chega pra cá

Já falei pra você, que malandro não vacila
(Já falei pra você, que malandro não vacila)
Malandro não cai, nem escorrega
Malandro não dorme nem cochila
Malandro não carrega embrulho
E também não entra em fila

E mas um bom malandro
Ele tem hora pra falar gíria
Só fala verdade, não fala mentira
Você pode acreditar

Eu conheço uma pá de otário
Metido a malandro que anda gingando
Crente que tá abafando e só aprendeu a falar
Como é que é? Como é que tá?
Moro mané? É, chega pra cá

Mas como é que é? Como é que tá?
Moro mané? É, chega pra cá

Mas como é que é? Como é que tá?
Moro mané? É, chega pra cá

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog