Acordo tarde nada que eu possa ver
Nem que eu possa fazer
Depressão de meio dia
Esperando o dia anoitecer

Divagando em um dia cinza
Meus amigos me chamam pra sair
Eu não saio com eles, nem sinto vontade
Embora eu queira me divertir

Mas não vejo nada que possa fazer
Só esperar segunda acontecer
Mas não vejo nada que possa fazer
Só esperar segunda acontecer

Saio e vago nas ruas porque só isso me resta
E a cidade morre mais um pouco
Saio e vago nas ruas porque só isso me resta
E eu, trancado em mim, fico mais louco

E eu me pego almoçando às seis e meia
Somente os instintos sobrevivem num domingo
O dia vai terminar
Eu só escrevo besteiras

Sonho acabar (sonho acabar), sonho acabar domingo
Sem começar segunda-feira
Sonho acabar domingo, ah
Sonho acabar domingo, ah!

Saio e vago nas ruas porque só isso me resta
E a cidade morre mais um pouco
Saio e vago nas ruas porque só isso me resta
E eu, trancado em mim, fico mais louco

Saio e vago nas ruas porque só isso me resta
E a cidade morre mais um pouco
Saio e vago nas ruas porque só isso me resta
E eu, trancado em mim, fico mais louco

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Alvar / Bruno / Coelho / Miguel / Sheik. Essa informação está errada? Nos avise.
Revisões por 3 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog