É professor? Confira dicas de como ensinar inglês com música

Dicas de idiomas · Por Renata Arruda

18 de Setembro de 2020, às 12:00

No ensino de idiomas, a música é uma importante ferramenta: além de deixar as aulas mais divertidas, ela permite que o aluno memorize mais rapidamente o vocabulário, aperfeiçoe a pronúncia, desenvolva a compreensão auditiva e amplie seus conhecimentos acerca de novas culturas, aliando o aprendizado ao prazer.

Por meio da prática por repetição, aprender inglês com música se torna uma forma eficiente de assimilação da linguagem, introduzindo de forma natural palavras e expressões próprias de determinadas regiões e apresentando diferentes sotaques. E o melhor de tudo é que as canções podem ser utilizadas em qualquer estágio da aprendizagem!

Hoje vamos falar sobre as vantagens de ensinar inglês com música e dar algumas sugestões de atividades para professores que não querem ficar só no fill in the blanks. Let’s go!

Por que usar música para ensinar inglês?

A música pode influenciar nosso humor e nossas emoções. Assim, utilizar canções nas aulas estimula o interesse dos alunos e permite que eles memorizem o conteúdo de maneira muito mais fácil e natural, já que elas têm a tendência de “ficar na cabeça”.

Além disso, é cientificamente comprovado que, por meio da música, o estudante adquire muito mais conhecimento de gramática e vocabulário, melhora a ortografia e desenvolve suas habilidades de leitura, escrita, fala e compreensão auditiva do idioma.

Outras vantagens de ensinar inglês com música incluem:

  • Apresentação de linguagem cotidiana e coloquial;
  • Familiaridade com o som e a cadência da língua inglesa;
  • Memorização de vocabulário a longo prazo;
  • Encorajamento da autonomia de aprendizagem e prática fora da sala de aula;
  • Transmissão de elementos culturais.

A música ainda possibilita inúmeros tipos de atividades, que podem ser aplicadas a estudantes de todos os níveis de conhecimento.

Como ensinar inglês com música?

Confira as nossas sugestões de como aplicar a música em suas aulas de inglês:

Qual melhor momento para introduzir a música na aula?

A música pode ser utilizada em qualquer etapa da aula: como dinâmica de quebra-gelo, para deixar a turma entrosada já no início, como forma de reforçar o conteúdo passado ou até para apresentar um novo conteúdo aos alunos. 

O importante é que o professor defina primeiro quais são os objetivos da atividade e, em seguida, busque pelas canções que melhor se encaixam neles.

Como trabalhar diferentes temas em uma aula de inglês com música?

Uma vantagem da música é que ela é versátil e pode ser explorada de inúmeras formas diferentes durante o ensino de inglês. Veja nossas dicas:

Trabalhando a gramática

Há canções que são ótimas para ensinar determinadas estruturas específicas, como: I Will Always Love You, ideal para usos do verbo will; Everything, ótima para trabalhar superlativos ou If I Were a Boy, que auxilia na compreensão de subjuntivos, por exemplo.

Para abordar itens gramaticais, você pode entregar a letra de uma canção para os alunos e pedir que eles sublinhem termos específicos, como de um tempo verbal, por exemplo. Outra boa atividade é alterar estes termos de propósito para que os alunos possam identificá-los e corrigi-los.

Explorando o vocabulário

A música é um instrumento incrível para ensinar vocabulário e as opções são infinitas.

Hot N’ Cold, da Katy Perry, por exemplo, é uma boa pedida para trabalhar o uso de opostos. Já em uma aula sobre partes do corpo, a canção Bubbly, de Colbie Caillat, pode se encaixar perfeitamente.

Para a aula, você pode trazer definições dos vocábulos presentes na música e pedir para que os alunos ouçam a canção e encontrem as palavras correspondentes.

Uma alternativa é acrescentar na letra palavras parecidas, como mind/mine ou to/two, e pedir para que o aluno circule aquela que ele ouvir.

Treinando a pronúncia

Sem dúvida, músicas são sensacionais quando o assunto é pronúncia e praticamente todas elas podem ser utilizadas para essa finalidade.

With Or Without You, do U2, pode ser uma boa aliada para o ensino e prática da consoante th, por exemplo.

Uma maneira divertida de ajudá-los a treinar a pronúncia com música é escolher um artista que a maior parte da turma goste e utilizar suas canções em uma lip sync battle. Assim, eles podem se familiarizar com o ritmo, a entonação e as sílabas tônicas das palavras.

Para escolher a canção, você já pode conferir as 18 músicas mais fáceis de cantar em inglês!

Exercitando a interpretação

Todo mundo gosta de entender o significado das letras de músicas famosas. Você pode usar a curiosidade dos alunos a seu favor e usar trechos das canções para exercitar as habilidades deles em interpretação de textos em inglês.

Uma dica é elaborar questões de múltipla escolha na qual os alunos devem descobrir o sentido de uma expressão específica ou de todo um trecho da canção. Músicas que contam histórias são excelentes para essa atividade.

músicas que contam histórias

Quais exercícios podem ser usados junto com música?

Há inúmeras possibilidades de exercícios que você pode aplicar em sala de aula junto com a música, como:

  • Utilizar canções românticas e pedir para que os alunos transformem a letra em uma carta de amor;
  • Pedir para a turma criar histórias em quadrinhos com a letra;
  • Elaborar um ditado com as palavras e expressões que você pretende ensinar;
  • Pedir para os alunos transformarem a letra da música em uma peça e atuarem;
  • Transformar a letra da canção em um e-mail e explorar o gênero textual com os alunos. Fica mais divertido se eles não conhecerem a música e a ouvirem no final da atividade;
  • Embaralhar as palavras do título ou de uma frase e pedir para que os alunos coloquem na ordem correta;
  • Pedir para os alunos elaborarem uma entrevista com o artista após ouvirem a canção;
  • Pedir para os alunos escreverem uma redação sobre o tema tratado na música;
  • Discutir temas específicos como direitos, educação, relacionamentos etc. tratados na letra da música.

Como utilizar recursos como karaokê, letra e legenda?

O karaokê é um desafio didático e divertido. Diferente de apenas ouvir a música e acompanhar a letra, cantar a música faz com que os alunos melhorem a pronúncia e fluência do inglês e ainda facilita a memorização. O ideal é escolher músicas fáceis e bem conhecidas.

Outra alternativa é mostrar o vídeo da canção legendado em inglês, para que os alunos possam acompanhar a letra e cantar junto.

Você pode pedir para que eles sublinhem ou listem as palavras e expressões que não conhecem e busquem em um dicionário, por exemplo, ou perguntem a um colega, exercitando seu vocabulário.

Quais as melhores músicas para usar em sala de aula?

Em primeiro lugar, o ideal é trazer músicas adequadas à faixa etária e nível de aprendizagem da sua turma.

Canções mais famosas, principalmente de artistas conhecidos que agradem à maioria dos alunos, são ótimas para estimular o interesse da turma, mas também pode ser legal trazer artistas ou faixas menos conhecidas, caso se encaixem no objetivo da aula.

As melhores músicas costumam ser aquelas que contam alguma história ou tratam de temas específicos, como Friday I’m In Love (dias da semana) e You’ve Got A Friend In Me (amizade)

Também é importante apostar em canções que tragam diferentes tipos de linguagem, como expressões cotidianas, gírias, coloquialismos e até palavrões mais leves, que irão ajudar o aluno a se familiarizar com o vocabulário utilizado por nativos nos dias atuais.

O que uma música precisa ter para ser trabalhada com alunos de diferentes níveis?

Para alunos do nível básico, o ideal é que as canções sejam simples, com letras curtas, rimas e repetição de palavras e pronúncia de fácil compreensão. Músicas para crianças e adolescentes são uma boa pedida.

No nível intermediário, você pode trabalhar músicas com um vocabulário um pouco mais difícil, como Wonderwall, do Oasis, ou Love Me Like You Do, da Ellie Goulding.

Já os alunos do nível avançado podem ser apresentados a canções mais complexas com expressões rebuscadas e gírias. Rolling In The Deep, da Adele, é um exemplo de canção que pode ser trabalhada.

Ensinando inglês com música: passo a passo

Para finalizar esse post, trouxemos uma sugestão divertida de atividade para ensinar inglês com música: draw the story.

Para começar, escolha uma canção bem rica em recursos visuais como You Learn, de Alanis Morissette, ou Sk8ter Boi, da Avril Lavigne. 

Depois, peça para os alunos desenharem o que eles entenderem da canção, criando uma história a partir da sua interpretação da música. Em seguida, peça para que eles mostrem a história para a turma.

No final da atividade você pode entregar a letra para os alunos e tocar novamente a canção, abordando os temas, palavras e expressões que aparecem no texto.

Músicas para aprender inglês

Gostou das nossas dicas? Então não deixe de conferir também as 16 melhores músicas para aprender inglês! See ya!

músicas para aprender inglês

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente e descubra mais sobre o mundo da música


Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.