Lana Del Rey: as melhores músicas da princesa do indie

Pop · Por Dora Guerra

2 de Julho de 2019, às 07:00

Quando a gente pensa em Lana Del Rey, já vem a imagem da cantora de vestido branco e coroa de flores, sofrendo por amor, né?

Com uma estética bem definida, a artista já lançou quatro álbuns de estúdio e consolidou-se na interseção entre o indie e o pop sofrência. Recentemente, Lana vem lançando músicas e covers meio repentinamente, prometendo um comeback de vez.

Bom, enquanto ela não lança seu próximo disco, bateu a saudade dos grandes hits da cantora. Sim, você leu certo: é hora de botar aquele Born To Die pra tocar e sofrer bem lindx pelx mozão! Vem com a gente saber mais sobre essas músicas:

  • Young And Beautiful
  • Blue Jeans
  • Born To Die
  • Summertime Sadness
  • Video Games 

Nossas 5 músicas preferidas da Lana Del Rey

Desde 2012, Lana já lançou muita música incrível. Foi difícil cumprir a missão de escolher as 5 melhores – mas como não cabe a carreira inteira da artista aqui, essa foi a nossa seleção:

5. Young And Beautiful

Lançada para o filme O Grande Gatsby (2013), a música Young And Beautiful foi usada como tema do relacionamento entre os protagonistas, Gatsby e Daisy. Lana tinha composto a canção para seu EP, Paradise, em 2012 – mas foi aí que o diretor Baz Luhrmann a ouviu e a achou perfeita para seu filme.

A letra faz um apelo bem melancólico: Will you still love me when I’m no longer young and beautiful? (Você ainda vai me amar quando eu não for mais jovem e linda?). 

Bem a cara da Lana, né? Ah, e uma curiosidade: essa é a música preferida da Kim Kardashian! Na festa pré-casamento de Kim e Kanye West, a socialite foi surpreendida com uma apresentação da própria Lana com essa música. Imagina que sonho? 😍

4. Blue Jeans

Preferidinha de muita gente, Blue Jeans é um dos singles do clássico Born To Die (2012). Nela, Lana está apaixonada por um cara meio James Dean, super estiloso e punk rock.

A letra conta a história dos dois em um romance que começa bem, mas acaba desabando à medida que ele se envolve com apostas e jogatina. De acordo com a cantora, é baseada no relacionamento que ela teve com uma pessoa que ela acreditava ser o amor da sua vida. Apesar do fim triste – em que ele a deixa -, Lana canta:

I will love you until the end of times (Eu vou te amar até o fim dos tempos)
I would wait a million years (Eu esperaria um milhão de anos)
Promise you’ll remember that you’re mine (Prometa que se lembrará de que você é meu)
Baby, can you see through the tears? (Querido, consegue ver através das lágrimas?)
Love you more than those bitches before (Eu amo você mais do que aquelas vadias de antes)

É essa mulher intensa e romântica que também vemos no clipe:

3. Born To Die

Não é novidade que as letras da Lana são bem fatalistas, não é? Um exemplo é a música (que dá nome ao álbum) Born To Die, que traz esse tema recorrente: para a cantora, o amor é intenso, é melancólico, é vida ou morte. É esse jeitinho meio Shakespeare moderno que a gente ama!

Nesse universo melodramático, a música ganhou um vídeo incrível. Lana está linda, poderosíssima em seu castelo com seus tigres, mas pensando em seu amor que não deu certo. Se a gente fosse escolher um visual para representar bem a estética Lana Del Rey, seria essa – e é por isso que Born To Die leva nossa medalha de bronze:

2. Summertime Sadness

Ainda nessa linha, Summertime Sadness fala sobre um verão meio agridoce, em que Lana se apaixonou e teve que se despedir. 

Kiss me hard before you go (Me beije intensamente antes de ir)
Summertime sadness (Tristeza de verão)
I just wanted you to know (Eu só queria que você soubesse)
That, baby, you’re the best (Que, amor, você é o melhor)

O vídeo é ainda mais trágico e conta uma história bem Romeu e Julieta, acompanhando o tom melancólico:

Vale comentar: um remix, lançado por Cedric Gervais, no ano seguinte, deu mais fama ainda à música – ficou aquela coisa de chorar dançando, sabe? Também vale conferir a versão pra tocar na sua fextinha!

1. Video Games

Imagina: você nunca ouviu falar de Lana Del Rey e ouve essa música, com uma voz macia cantando bem grave sobre um amor idealizado. O que pensar sobre essa nova artista?

Video Games (2011) foi meio que a porta de entrada de Lana para o sucesso: com esse som diferente de tudo que rolava por aí, a cantora mostrou o que tinha a oferecer. E de 2011 pra cá, ela não decepcionou. 

E, claro, tudo isso acompanhado de um vídeo meio caseiro, nostálgico, mas bem a cara da Lana. Nada melhor que colocar essa canção no topo da nossa lista!

A trajetória de Lana Del Rey

Ficou curiosx pra saber a história por trás dessa artista enigmática? Fizemos uma breve biografia:

Elizabeth Woolridge Grant nasceu em 21 de junho de 1985, em Nova York. Começou a estudar metafísica na universidade, sempre afeiçoada a temas profundos e filosóficos. Foi quando seu tio lhe deu uma guitarra que Lana se interessou de fato pela música – e decidiu se mudar para Londres e tentar a carreira musical.

Capa do álbum Lana Del Ray, de Lizzy Grant
Capa do álbum Lana Del Ray, de Lana enquanto ainda usava o nome Lizzy Grant / Créditos: Divulgação

Depois de lançar vários trabalhos como Lizzy Grant, a cantora resolveu mudar seu nome artístico, influenciada pela estética cinematográfica dos anos 1950. É aí que se torna Lana Del Rey.

Em 2011, Lana lançou Video Games e Blue Jeans como vídeos no YouTube, se tornando uma celebridade na plataforma. Foi assim que conseguiu seu primeiro contrato e decidiu usar as músicas como seus primeiros singles. 

Apesar de enfrentar críticas divididas, a artista fez bastante sucesso com seu primeiro álbum, Born To Die (2012). Daí pra frente, foi garantindo seu nome: venceu prêmios, lançou músicas para trilhas sonoras e nos presenteou com os discos Ultraviolence (2014), Honeymoon (2015) e Lust For Life (2017). Hoje, é um dos principais nomes do indie no mundo.

Próximos projetos da artista

Em 2019, a já consolidada Lana Del Rey ainda tem novos projetos vindo por aí! Além de publicar de forma independente um livro de poesias, a cantora promete o lançamento de Norman Fucking Rockwell, seu novo álbum, para o mês que vem 😍 

Se a ansiedade tá alta, nada melhor que lembrar das melhores músicas da Lana Del Rey, não é?Dá um play aqui pra ouvir as mais acessadas!