Pagodes antigos: 10 clássicos para relembrar os anos 90

Nostalgia · Por Renata Arruda

22 de Outubro de 2019, às 20:00

Vamos dizer a verdade: quem consegue ficar parado quando toca um pagodinho das antigas? Durante a década de 90, o gênero derivado do samba de raiz tomou conta das rádios e TVs de todo o Brasil com suas letras românticas e seu ritmo contagiante. 

Grupos como Exaltasamba, Katinguelê, Raça Negra e Só Pra Contrariar emplacaram hits tão estrondosos que até quem torcia o nariz pra esse estilo musical sabia cantar pelo menos os refrões de cor.

Para você relembrar o que bombou na época, listamos os melhores pagodes antigos dos anos 90. Confira:

  • Me Apaixonei Pela Pessoa Errada (Exaltasamba)
  • Depois do Prazer (Só Pra Contrariar)
  • Recado À Minha Amada (Katinguelê)
  • Beijo Geladinho (Negritude Júnior)
  • É Tarde Demais (Raça Negra)
  • Temporal (Art Popular)
  • Tô Legal (Grupo Raça)
  • Derê (Soweto)
  • Pela Vida Inteira (Kiloucura)
  • Cilada (Molejo)

Pagode dos anos 90: 10 sucessos que marcaram a época

O pagode dos anos 90 foi marcado pela irreverência e pelo romantismo. Vem ver quais foram os principais sucessos:

01. Me Apaixonei Pela Pessoa Errada — Exaltasamba

Quem nunca teve um amor não correspondido? Muita gente se identificou com os versos: 

Eu me apaixonei pela pessoa errada
Ninguém sabe o quanto que eu estou sofrendo 

A música foi a mais tocada do Brasil no início de 1999 e ainda permanece atual. Um hino é um hino!

02. Depois do Prazer — Só Pra Contrariar

Fica dentro do meu peito sempre uma saudade, diz o refrão da canção que muita gente ouviu na fossa. 

Grande sucesso de 1997, Depois do Prazer é a faixa de abertura do álbum Só Pra Contrariar, quarto trabalho do grupo que, na época, era liderado por Alexandre Pires.

O álbum vendeu mais de 3 milhões de exemplares e é um dos mais vendidos do país.

03. Recado À Minha Amada (Lua Vai) — Katinguelê

Recado À Minha Amada é o título original da música que ficou conhecida como Lua Vai, um dos vários hits-chiclete do Katinguelê nos anos 90. Clássico dos corações apaixonados. 💖

04. Beijo Geladinho — Negritude Junior

Eu quero é mais amar você
Pra nunca mais te esquecer

Quem não lembra desse hit do Negritude Junior? A música recentemente ganhou novo arranjo de seu compositor, Netinho de Paula, e foi incluída na trilha sonora da novela A Dona do Pedaço.

05. É Tarde Demais — Raça Negra

Um dos principais nomes de pagode dos anos 90, o Raça Negra é dono de várias pérolas que continuam fazendo sucesso até hoje.

Em 1995, o grupo chegou a figurar no Guinness Book com É Tarde Demais, que apareceu como a música mais tocada em um único dia no mundo inteiro.

06. Temporal — Art Popular

Essa toca o coração de qualquer um! Uma das baladas mais românticas do pagode, Temporal fala sobre o fim de um grande amor. 

O verso você reclama do meu apogeu costuma deixar muita gente intrigada, mas a explicação é simples: o apogeu significa a grande distância entre o casal. É para cantar chorando. 😢

07. Tô Legal — Grupo Raça

Com mais de 30 anos de estrada, o Grupo Raça é consagrado como Patrimônio Histórico Cultural do Samba no Brasil. Tô Legal consolou muitos corações partidos, em 1993, com os versos: 

Tô legal
Apesar disso tudo, eu tô legal
Vou pensar no futuro, eu tô legal
É o meu coração que diz

08. Derê — Soweto

Quem é que não fica animado quando ouve:

Derê! Derererê! Dererererê!
E ainda bate palminha no meio?👏

Lançada em 1997, Derê é uma joia do Soweto e uma das faixas responsáveis por alavancar o sucesso de Belo, vocalista do grupo na época.

09. Pela Vida Inteira — Kiloucura

Pela Vida Inteira estourou em 1999 e tornou o grupo Kiloucura famoso: além de figurar em novelas da Globo e da Record, a música chegou a alcançar as paradas das rádios de Portugal e Espanha.

10. Cilada — Molejo

Não tinha como terminar a lista sem citar este clássico do Molejão! Além de hit nos anos 90, a faixa foi redescoberta pelo público mais jovem em 2016, após comparações com o single Perfect Illusion, de Lady Gaga.

Não era para menos: em sua música, Lady Gaga canta It wasn’t love/ it was a perfect illusion (veja a tradução), versos de desilusão amorosa bem parecidos com Não era amor/ era cilada do grupo carioca. 😂

O pagode romântico dos anos 90

Surgido nas periferias de São Paulo, o pagode dos anos 90 bebeu de fontes que iam desde lendas do samba, como Fundo de Quintal, Beth Carvalho e Arlindo Cruz, até grandes nomes da música negra norte-americana. 

Marvin Gaye e The Jackson 5 são algumas das referências dos músicos, que inovaram trazendo passinhos ensaiados, efeitos especiais e figurinos idênticos para suas apresentações.

Grupo Molejo
Grupo Molejo / Créditos: Divulgação

Além da novidade estética, os grupos de pagode antigos também foram os responsáveis por inserir nas canções instrumentos que não eram comuns no samba tradicional, como o teclado e o saxofone. 

Em pouco tempo, as músicas deixaram de ser criadas nas rodas de samba e passaram a ser produzidas nas gravadoras. Foi assim que surgiu o chamado pagode romântico.

O sucesso foi instantâneo. Para onde quer que se olhasse, lá estavam os artistas com seus trajes combinados e sorrisos maliciosos.

Capa do álbum Meu Recado, do grupo Katinguelê
Capa do álbum Meu Recado, do grupo Katinguelê / Créditos: Divulgação

De programas de televisão a revistas especializadas, o pagode estava em todas, conquistando o público com seus cavaquinhos acelerados e versos grudentos.

Música que atravessou décadas

Provando que a música não era descartável, o gênero atravessou décadas e hoje está mais firme do que nunca. 

Um exemplo é o Amigos do Pagode 90, projeto liderado por Salgadinho, ex-Katinguelê, que reúne vocalistas dos grupos de pagode que fizeram sucesso naquela década, como Chrigor, Márcio Art e Netinho de Paula.

Nos shows, só os maiores clássicos. Imperdível!

Que tal ouvir mais?

Quer relembrar mais pagodes antigos que animaram as festinhas e marcaram muitos relacionamentos? Vem curtir 50 clássicos do pagode dos anos 90!

Playlist pagode anos 90