Meu lado é um vivo átrio a pulsar
Por coisas que vocês vão entender
Se os traços sem esquadros podem conter
(o valor de alguém)
Disparo pro horizonte, sempre além.

Não corro o risco mais
De ter vivido tudo sem saber
Não fiz de mim um cais
Quis mais

Vocês podem ver
Tudo que é acaso vem de fato do descaso de não ser
Tudo o que foi raro veio da pouca vontade em não crer
Que o embaraço no abraço era um laço dado sem querer
Mas não fomos tão felizes ao saber
Que o tempo sempre escolhe um refém
E não fui eu.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir