Fortaleza

Cacife Clandestino

exibições 31.278

Bem vinda a fortaleza, meu castelo de madeira
Quem sobe a ladeira é o vagabundo e a duquesa
Ela é da valsa enquanto eu sou da capoeira
Romance impossível, é o plebeu e a princesa

É a moça de familia e o maluco da quebrada
De noite ela estuda e ele lucra nas calçada
Mas quando eu te vi você ficou cheia de marra
Arranco o seu sorriso só com o jogo de palavras

Falei no seu ouvido: “Só me beija e me agarra”
Pergunto do futuro, com a boca você me cala

E ela diz: Amor eu to contigo até o fim
E ela me diz amor
Porque você me deixa assim?
E ela me diz: Amor eu to contigo até o fim
E ela me diz amor
Porque você me deixa assim?

Quando ela passa tudo vira passarela
Te conheci no baile, foi você que enfeitiçou
Guerreiro de rua que proteje as vielas
Olhei de canto ela se aproximou

Eu não perco essa mania
De ficar te olhando
Cê entende a sintonia
Minha ginga de malandro

Me chama nessa dança, aqui ninguém separa
Toda a vizinhança sabe que ela é joia rara
Subindo a ladeira, todo mundo repara
Que vem pro meu barraco e eu me sinto o cara

Então fica a vontade no castelo de madeira
Você minha majestade, é o plebeu e a princesa
Eu so da malandragem mas protejo essa duquesa
Pergunto do futuro ela me beija de surpresa

E ela diz: Amor eu to contigo até o fim
E ela me diz amor
Porque você me deixa assim?
E ela me diz: Amor eu to contigo até o fim
E ela me diz amor
Porque você me deixa assim?

Eu quero viajar com ela
No barco acender uma vela
Pra comemorar nossa união
Vou aproveitar esse calor, essa paixão

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir