exibições 655

Amigo Incerto

Cacique e Pajé


Eu vou contar uma historia de uma canário da terra
Morava no pé da serra era o maior cantador
Ali naquela palhada por onde ele morava
A passarada vibrava ouvindo o tal cantor
Mais tinha um gavião também admirador
Para pegar o canário certo dia ele falou.

Você canta muito bem sou seu fã de corpo e alma
Queria ouvir com calma você cantando de perto
O canário respondeu vai aqui alguns estalos
E respirou no embalo cantando de peito aberto
O gavião aplaudiu até fez um comentário
Em matéria de canário você manda aqui por perto.

Mas cantor foi o seu pai, eh, canário que cantava
Até o olho ele fechava e tremia de emoção
Por que não experimenta cantar de olho fechado
Eu escuto aqui do lado disse o velho gavião
O canário fechou o olho e o rapino atacou
Mais o canário esquivou e o traidor bateu no chão.

O gavião ficou sem graça, perdeu a caça do dia
Por que o canário fugia mostrando ser mais esperto
A lição serve pra nós principalmente os violeiros
Por que temos companheiros que é melhor não ter por perto
Existe um velho ditado quando o amigo é incerto
Podemos fechar um olho, mas com o outro bem aberto.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: João Mulato / Tião Do Carro · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Willian
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.