Corno Rico E Corno Pobre

Caju & Castanha

exibições 25.314

Eu vou mostrar a diferença
Nesse meu repente nobre
Da mulher do corno rico
Pra mulher do corno pobre

A mulher do corno rico
Transa em motel de luxo
Pede só bebidas finas
No conforto rela o bucho
Numa cama bem fofinha
Deita e rola com o urso

A mulher do corno pobre
Transa mesmo é no mato
Sai mordida de formiga
De mosquito e carrapato
É que o danado do urso
Não pode pagar um quarto

A mulher do corno rico
Usa perfume francês
A calcinha é de renda
Troca todo dia três
Camisinha de primeira
Ela exige do freguês

A mulher do corno pobre
Usa perfume fuleiro
A calcinha é de algodão
E fica nela o mês imteiro
A camisinha que conhece
É de tripa de carneiro

A mulher do corno rico
Vive ganhando presente
É vestido, é sapato
É casaco, é corrente
Quando ganha carro zero
Ela fica bem mais quente

A mulher do corno pobre
Essa ai não ganha nada
Ao contrário ela leva
É sopapo, é porrada
Leva murro, leva tapa
Pra ficar mais assanhada

A mulher do corno rico
Tem babá, tem motorista
Só frequenta lugar fino
Tem cartaz com colunista
Muitas vezes com o urso
Sai em foto de revista

A mulher do corno pobre
Coitadinha passa mal
Anda só de coletivo
Só frequenta chaparral
Só é vista com o urso
Em folha policial

A mulher do corno rico
Todo ano faz cruzeiro
Agarrada com o urso
Se diverte no estrangeiro
Do coitado do marido
Ela esbanja o dinheiro

A mulher do corno pobre
Também sai pra passear
Agarrada com o urso
Por aí vai turistar
Na ilha do Maruim
Vai tomar banho de mar

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir