Se você correu tantas vezes atrás de fantasmas
Que tão covardes não souberam nem ao mesmo lhe assustar
Se já dançou encurralado no meio de tanto chuva
E nenhuma gota foi capaz de lhe molhar

Então bota pra fudê, sobre o leite derramado não há muito o que fazer
Então bota pra fudê, se você não ganhou nada não tem nada pra perder

Que coisa é essa estampada em sua face
Você levou a vida inteira pra encontrar
E se não tem mais nada aí que valha a pena
Levaram tudo antes de você chegar

Se nada acontece, a vida então se repete
Como um filme de tv que você pensou que nunca mais ia mudar
Se as suas perguntas quase nunca tem resposta
Mas tem sempre a mesma bosta pra você pisar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts