Contra todos
E contra ninguém
O vento quase sempre
Nunca tanto diz
Estou só esperando
O que vai acontecer

Eu tenho pedras
Nos sapatos
Onde os carros
Estão estacionados
Andando por ruas
Quase escuras
Os carros passam

Contra todos
E contra ninguém
O vento quase sempre
Nunca tanto diz
Estou só esperando
O que vai acontecer

Eu tenho pedras
Nos sapatos
Onde os carros
Estão estacionados
Andando por ruas
Quase escuras
Os carros passam

As ruas têm cheiro
De gasolina e óleo diesel
Por toda a plataforma
Toda plataforma
Toda a plataforma
Você não vê a torre

Tudo errado, mas tudo bem
Tudo quase sempre
Como eu sempre quis
Sai da minha frente
Que agora eu quero ver

Não me importam os seus atos
Eu não sou mais um desesperado
Se ando por ruas quase escuras
As ruas passam

Tudo errado, mas tudo bem
Tudo quase sempre
Como eu sempre quis
Sai da minha frente
Que agora eu quero ver

Não me importam os seus atos
Eu não sou mais um desesperado
Se eu ando por ruas quase escuras
As ruas passam

As ruas têm cheiro
De gasolina e óleo diesel
Por toda a plataforma
Toda plataforma
Toda a plataforma
Você não vê a torre

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Renato Russo / Andre Pretorios / Felipe Lemos / Flavio Lemos. Essa informação está errada? Nos avise.
Legendado por Guilherme e mais 2 pessoas. Revisões por 7 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts