Oh, oh, oh, oh Pajé!

Mundurucu é sateré
Clamam ao pajé
Bençãos neste grande ritual
Curiató, tupinambá fazem oração
Ouve-se a canção dos andirás

Iarinin, Iarinin, Iarinin
Tawacapé

O grande filho de Tupã
Empunhou seu cajado
E com gestos de pajelança
O libertador
Exerce o poder que as tribos lhe tem confiado
E dança a dança que apaga o fogo assolador

Pajé
Na feitiçaria tens todo o poder do bem
Se enjera e toma forma de urutau
Na nigromancia, a sabedoria
A força que separa o bem do mal

Pajé! Pajé! Pajé!
Tua força tua dança
Teu cajado a esperança
Da vida tribal ô ô ô

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog