Foto do artista Carlos Lyra

Auto de São Jorge Guerreiro

Carlos Lyra


Acende a candeia Que o fogo da lua apagou
E a boca da noite fechou toda a aldeia
Rebenta a cadeia À ponta de faca e facão
Não deixa sentar capitão Na tua ceia

Dilata essa veia, entoa a canção marcial
Alguém tem que dar o sinal Pra quem guerreia


A coisa está feia Aumenta na aldeia a legião
Afora os guerreiros que estão em terra alheia
Desmancha essa teia Que há tempos ninguém quer bolir
Lidera a mudança que se desencadeia!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir