Oh, oh, oh, oh, lanterna
Oh, oh, oh, oh, lanterna…
Até meu nascimento foi fora de hora
Nasci quase no dia do meu batizado
Depois dos quinze anos é que entrei pra escola
E aos trinta me formei em moço de recado
Oh, oh, oh, oh, lanterna
Oh, oh, oh, oh, lanterna…
O atraso em minha vida é um verdadeiro inferno
Se chego no cinema já está começado
Se entro na corrida chego de lanterna
Se eu fosse o Airton Senna eu estava desgraçado
Oh, oh, oh, oh, lanterna
Oh, oh, oh, oh, lanterna…
Agora que emplaquei na idade do requinte
Já sou um cinquentão e estou apaixonado
Por uma menininha que não tem nem vinte
Me sinto como avô da minha namorada
Oh, oh, oh, oh, lanterna
Oh, oh, oh, oh, lanterna…
Comprei bolsa de hippy pra ficar moderno
Disseram que eu já era e estava superado
Disseram que a Bolsa era um negócio certo
Mas desde que eu joguei ela só tem baixado
Oh, oh, oh, oh, lanterna
Oh, oh, oh, oh, lanterna…
Já fiz os treze pontos pela loteria
Mas só depois que a loja já tinha fechado
Por isso é que eu sei, quando eu morrer um dia
Vai ser depois que o mundo tiver se acabado
Oh, oh, oh, oh, lanterna
Oh, oh, oh, oh, lanterna!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir