Boêmio Poeta

Carlos Viana

exibições 143

Bate papo com os amigos num barzinho algum lugar
Tomo um gole de cerveja abro o jogo devagar
Sou sozinho sou boêmio vida a dois não me completa
Solidão não me acompanha sigo em frente sou poeta
Numa rua bem deserta madrugada em meu olhar
Ouço pássaros cantando novo dia vai chegar
Esse é o meu retrato minha vida é assim
Pelos cantos da cidade eu vou cantar a verdade
O que está dentro de mim
Sou boêmio sou poeta
Já cantei boate azul
Nos lugares onde passo
Deixo um sorriso e um abraço
Do boêmio cantador

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir