exibições 389

Panela de Mel

Carlos Zens


Timbaúba dos batistas
Fibra do sertão fiel
Timbaúba dos clementes
Minha panela de mel

Tua história esta escrita
Nos teus bordados e rendas
Nos engenhos de madeira
Que já viraram legendas
Onde o boi manso gemia
Na rotação das moendas

Timbaúba dos batistas
Fibra dos sertão fiel
Timbaúba dos clementes
Minha panela de mel

Teus currais acordam cedo
Ao romper da madrugada
Quando as vacas sonolentas
Cochilando na malhada
Despejam leite nos baldes
Pra fazer queijo e coalhada

Pra voar pra timbaúba
Meu coração criou asa
Ai que cheiro apetitoso
De carna assada na brasa
E quanto o gostinho bom
De linguiça feita em casa

Timbaúba dos panelas
Pra te ver de longe eu venho
O trabalho é teu emblema
A bondade é teu desenho
Paladar de queijo gordo
Panela de mel de engenho

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Carlos Zens / José Lucas · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Abner
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.