Se o dia não fosse de chuva
Morena ia sair
E passear sua curvas por aí, por aí
Ia correr a cidade
Com seu sapato vermelho
A sua bolsa de pano
Com roupas, troco e um espelho
Morena

A sua pintura seria
Feita pra denunciar
Que morena só queria amar
Amar e amar

Ia lançar pelas ruas
O seu olhar de paixão
De quem garante a alegria
A quem garante o seu pão

Mas não as poças vão logo
Formando um rio
O quarto se afoga no vazio
E a vida não tem jeito não

Mas não as poças vão logo formando um rio
Morena
O quarto ficando frio
Morena
E a vida sem solução

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog