A Vila Emudeceu

Cartola

exibições 5.992

A Vila emudeceu
Dolorosamente chora
O que perdeu
Ninguém é imortal
Ó Deus perdoa
Se é que estou pecando
Que mal lhe fez a Vila
Que lhe estás torturando

Era o rei
Da filosofia
Fez da musa o que queria
Zombou da inspiração
Os seus versos ritmados
Por ele mesmo cantados
Tinham bela entoação

Na Vila onde
Ele morava
Todos os seres cantavam
As glórias do seu poeta
Hoje a Vila é triste e muda
Ao bater ave-maria
Quando a aurora desperta.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir