Tremendo e Santo

Cassiane

exibições 187.787

Tremendo e santo, é o Senhor
Só ele tem todo o poder

Quem vai ser digno, do livro abrir?
E desatar os selos, quem será capaz?

Ninguém se apresentava para abrir o livro
João ali chorava acreditando no impossível
Naquela bela visão um forte anjo bradou
Quem é capaz de abrir o livro e desatar os sete selos
Mas ninguém se apresentou

A terra se escondia do brilho daquele livro
Ninguém sequer olhava era forte o seu brilho
João não podia se conter
Será que ninguém é capaz lhe disse o ancião?
O cordeiro irá abrir, não chores mais!

Falado
E João olhou, e viu um trono
E nele estava um ser, semelhante ao brilho de jaspe
E daquele trono com arco
Saiam raios, relâmpagos e trovões
E eis que o cordeiro que era morto e reviveu e venceu
Se levantou da destra do trono
Tomou o livro em suas mãos e disse: Eu sou capaz!

Digno é o cordeiro que foi morto e reviveu e venceu
Santo é o seu nome e adorado lá no céu, Santo é
A Ele a gloria, o domínio
Ele é tremendo e Senhor!
E todo universo declara que só dele é o louvor

Único, digno, capaz de abrir o livro
E desatar os selos, só Ele é capaz
Tremendo e santo, que fará a trombeta tocar
Vai arrebatar os salvos, pra com Ele morar
Para sempre no céu!

Eis o leão de Judá, a raiz de Davi
Que lutou e venceu, fez o diabo fugir
Seu poder e sua glória, fez o mundo e sua história
É o cordeiro que venceu, que abriu o livro de gloria
Ele é capaz, é quem faz
Sofreu, padeceu, mas a cruz derrotou
Até o inferno tremeu
E a terra parou para a Ele louvar
Santo é o cordeiro, filho de Jeová!

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir