Quando a insônia me convence
Que essa solidão é o céu
Uma calma congelada
Paralisa a minha dor
E o dia nasce azul e feliz
O mundo acorda e eu vou dormir

Quando a noite me acustuma
A enxergar na escuridão
Você vem e acende tudo
E eu sou um cego a procurar
Alguém no mundo pra me dizer
Se o amor existe, serve pra quê?

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts