Um sabiá, na palmeira, longe
Canta, canta pra ti
Ele bem sabe a dor da saudade
E canta, canta pra ti

Sabe o que é felicidade
Sabe o que é dor de amor
Sabe o que é dor de amor
Coração, escuta, é tarde
O sabiá cantador
Sabiá cantador

Na madrugada, desarvorada
Faço versos pra ti
Minha toada não vale nada
Se não vale pra ti

Só me escuta o arvoredo
Sob a luz do luar
Sob a luz do luar
Saberá guardar segredo
Até você voltar
Quando você voltar

Abre o coração para a música
Sou teu sabiá
Sou o encanto de te esperar
Vem pra me despertar
Pra me desesperar
Desesperar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: / Franz Schubert / Ludwig Rellstab. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts