exibições de letras 32.850

Há de se respeitar a minha moral
O meu visual
E tudo que eu digo
Pra alguém me escutar
Mesmo a tal cibernética

Ah, ah, ah, ah, e ser imortal
Não é natural
Eu não sou capacho
Eu sei os meus passos
Pra não vacilar

É que eu insisto transparecer
No que eu acredito,
Sem ressentimentos.
E há tanta gente pra convencer
E que sei que sentem
O mesmo o que eu sinto.

Com a certeza do meu destino
Sei que o universo
Vai conspirar comigo.
Estão precisando de amor
Estão precisando resolver
Estão precisando de carinho.

E o tempo passa,
E suas piadinhas já não têm mais graça
E não disfarça o mar de lama da sua piscina
Pouca-vergonha que crescente contamina
Gente da tua laia, que vive no espaço paralelo
Não sabe o que é salário, nunca pegou um trem
Lá vai o trem lotado, babando de gente
E o surf de trem, e o torrado no chão
E você vendo tudo, tudo na televisão...

Ah,ah, ah, ah, e ser imortal
Não é natural
Eu não sou capacho
Eu sei os meus passos
Pra não vacilar

Ah, ah, ah, ah, e ser um mortal
Não é mole, não
Desculpa, meu chapa
Mas é que eu preciso me desabafar.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Da Gamma / Toni Garrido. Essa informação está errada? Nos avise.
Legendado por Viviane. Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Pratique seu inglês com o Letras

Descubra o segredo para evoluir no inglês com a ajuda da música

Quero descobrir

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Cidade Negra e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500


Opções de seleção