Mal nascemos e já estamos morrendo
Para que lutar, por tanta ilusão
Nada é perfeito, toda moeda tem dois lados
Nem tudo tem toda explicação
Algumas coisas nos deixam confusos

As crianças no exercito não podem brincar
Com suas armas de verdade feitas parar matar

Lutar, lutar, pois podemos ganhar
Viver, viver, sem pensar na morte
Sorrir, sorrir e continuar sonhando
Gritar, gritar e não se calar

Um Jovem envelhece, uma criança cresce e não vemos o tempo passar
Não adianta se lamentar pelo passado, pelas coisas que fizemos de errado
Não precisa chorar pelo presente, que o futuro já vem
Mas não temos o futuro em nossas mãos. O que fazer então?

O relógio não para a vida acaba então por que estamos aqui
Perdidos procurando uma saída um caminho limpo

Fechando os olhos com medo do escuro

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir