Berreco, abre o seu olho
Para outro não tomar sua sopa
Mantenha sua barba de molho
Sua mina anda quase sem roupa

E sai por aí dando bolada
Ela só quer zoar, ela nem quer saber
É um pegadão na madrugada
Tem gente te botando
Uma antena de TV

Você é boi garantido, puxa o rabo dela
Está correndo perigo, vai segurar vela
É duplo sentido na gíria da favela
Um caprichoso a insistir
Conversa pra boi dormir

Você é boi garantido, puxa o rabo dela
Está correndo perigo, vai segurar vela
É duplo sentido na gíria da favela
Uma caprichoso a insistir
Conversa pra boi dormir

Berreco, não durma no ponto
Vai lá ver se ela está na caxanga
Você está se passando por tonto
Humilhado na mão dessa baranga

Usando chapéu de couro cabeludo
Se sai pra trabalhar é aquele fusuê
Ainda pergunta se é chifrudo
Aí não leve a mal
Mas eu vou ter que responder

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir