Hoje quando o sol se foi
deixo o meu coração
Desejando um cantinho,
pititinho, cheim de amor.
Onde o vento maestrando
fizesse as gaiá cantar
E um riacho primoroso,
venturoso viesse passá.
Margeadinho de frô,
cada uma de uma cô
Chamando as broboleta,
as abeinha e os beija-frô.

Onde o meu coração
de ocê se alembrasse
E cheio de emoção,
cantasse, cantasse
Envolvido na pureza
desse sentimentos meus
Eu pudesse com certeza
me encontrar ali com Deus...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts