Refrão

Só quem é vai curtir quem não é vai saber...
Um salve do crime verbal pra quem tem proceder...
Só quem é vai curtir quem não é vai saber...
Um salve do crime verbal pra quem tem proceder...
Só quem é vai curtir quem não é vai saber...
Um salve do crime verbal pra quem tem proceder...
Só quem é vai curtir quem não é vai saber...
Um salve do crime verbal pra quem tem proceder...

Nas ruas do taquaril não há brincadeirinha...
Moleque de 11 anos arrebentando pra comprar farinha...
Tem que ter proceder e até contar com a sorte...
Para que na madrugada não encontre a sua morte...
Esgoto a céu aberto, descendo nas vielas...
Não quero dar tiros, para encher as minhas panelas...
Sou cria dos humildes meu crime é diferente...
Faço através do verbo por que a minha chapa é quente...
Não dá para se envolver o crime é necessidade...
Os manos metem bronca por passarem dificuldades...
Com filho para criar sistema demolidor...
Faz de um pai de família a um terrível matador...
Sem saúde, sem escola, sem futuro garantido...
Por morar no taquaril sou chamado de bandido...
Tomar tapa na cara de gambé folgado...
Falar da minha mãe e eu ter que ficar calado...
Põe terror em morador de doze e escopeta...
Parece que esta raça tem parte com o capeta...
Que agem para o governo defendendo o patrimônio...
Quando invadem os barracos é a face do demônio...
Se a justiça é cega, a de deus não é não...
Meu povo é lembrado só em tempo de eleição...
Políticos folgados suas minas estão do lado...
Pagando de ofurô se vendendo por trocado...
Buraco do brasil playboyzinho minado...
Lembra do quilombo isto aqui foi meu passado...
Favela meu refúgio uma lei severa...
Proceder e atitude, por aqui são o que impera...
Tomado de conceito taquaril é o meu lugar...

Crime verbal a família que veio reivindicar...
A mídia sobe o morro, olha tudo e acha graça...
Uísque é melhor com o ibope da nossa desgraça...
Por ganância de dinheiro nossa vida é filmada...
Estuda dinho, costa quente, que só fala palhaçada...
Venha com o seu livrinho, diploma de doutor...
Hip hop é a cultura eu sei o meu valor...
Aprendi de outro jeito a rua foi minha escola...
Preferi o hip hop que um saco de cola...
A lei é do silêncio, ninguém aqui vê nada...
Conversado na quebrada toma uma pá de rajada...
Toda hora o balaio, puts esta lotado...
O povo da quebrada, só anda pendurado...
Menor fora de escola, com filho pra criar...
A mão bem calejada prefere não roubar...
Construir um barraco com suor e sacrifício...
Seu sonho se acaba em uma área de risco...
Os crentes vêm dizendo, que deus seja louvado...
Hoje em dia por aqui, que deus seja lembrado...
Isso aqui é uma guerra quem entrou pede socorro...
O sonho da molecada é comandar o morro...
No boteco da esquina, um vacilo foi cobrado...
Cheirou e não pagou amanheceu todo furado...
Aqui é crime verbal a posse é de drão...
Resgatando a molecada que é o futuro da nação...
Zona leste taquaril está bem representada...
Seu futuro maluco depende do seu passado...
Seu moleque, sua preta, um almoço de domingo...
Não todo acabado pela merda de um cachimbo...
Pela merda de um cachimbo....

Refrão

Apenas três malucos que a favela aplaudiu...
Representamos a quebrada zona leste taquaril...
Apenas três malucos que a favela aplaudiu...
Representamos a quebrada zona leste taquaril...
Apenas três malucos que a favela aplaudiu...
Representamos a quebrada zona leste taquaril...
Apenas três malucos que a favela aplaudiu...
Representamos a quebrada zona leste taquaril...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts