O vaqueiro vai chegando
No terreiro da fazenda
E quando chega no curral
Logo vem a sua prenda

O vaqueiro vai chegando
No terreiro da fazenda
E quando chega no curral
Logo vem a sua prenda

O vaqueiro vai chegando
No terreiro da fazenda
E quando chega no curral
Logo vem a sua prenda

Querido! Vem tomar um cafezinho
Você levantou cedo, trabalhou tanto
Venha descansar um pouquinho

Já vou! Obrigado, meu amor
O vaqueiro quando é feliz
Tem sempre o carinho de sua prenda

Depois de tomar café
Dá um beijinho em sua amada
Continua sua lida
Com as porteiras fechada

Quando aparta as criação
Solta todas pra invernada
Vai tirar uma soneca
Porque a lida é pesada

O vaqueiro vai chegando
No terreiro da fazenda
E quando chega no curral
Logo vem a sua prenda

O vaqueiro vai chegando
No terreiro da fazenda
E quando chega no curral
Logo vem a sua prenda

No outro dia bem cedo
Dá outro beijinho nela
Tira o leite pras crianças
E prepara uma vitela

Come um churrasquinho gordo
E começa nova lida
Está sempre no trabalho
Lembrando sua querida

O vaqueiro vai chegando
No terreiro da fazenda
E quando chega no curral
Logo vem a sua prenda

O vaqueiro vai chegando
No terreiro da fazenda
E quando chega no curral
Logo vem a sua prenda

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir