Quem nasceu como eu
Com os pés no regato
E cresceu flor do mato
Em beira de estrada
Olhando a passagem
De quem vai em viagem
Pra qualquer lugar

Quem nasceu como eu
Com os olhos postos numa estrela
Querendo entender
O além, o instante
O amigo do lado
Querendo entender

Quem nasceu assim como eu
Não vive essa vida, mas outra
Surgida de sonhos, de versos ouvidos
De histórias criadas, contadas
Ao pé da fogueira acendida
Num centro de alma vazia

Quem nasceu como eu
Quando perde um armo, um irmão, um amigo
É levado do peito o abrigo
É voltar a viver ao relento
Exposto à sombra e ao vento
Que sopra de noite e de dia
E paga a fogueira que ardia

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Cristina Saraiva / Simone Guimarães · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por igor
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.