Por trás destas paredes
Há um coração que hoje vive triste
E um corpo que aos poucos vai morrendo
Felicidade não existe

Foram minhas mãos
Que destruíram sua juventude
Perdoa meu Senhor
Esta covardia que evitar não pude

Amando-me demais
Um amor desesperado
Que teve o seu final
Ao saber que eu era casado

Castigo o remorso hoje me traz
Ao vê-la encarcerada em um convento
E eu sem o direito
De ver seu rosto nunca mais

Castigo o remorso hoje me traz
Ao vê-la encarcerada em um convento
E eu sem o direito
De ver seu rosto nunca mais

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir