Quanto tempo tenho pra matar essa saudade?
Meu bem, o ciúme é pura vaidade
Se tu foge, o tempo logo traz ansiedade
Respirar o amor, aspirando liberdade
Respirar o amor, aspirando liberdade

Quanto tempo tenho pra matar essa saudade?
Meu bem, o ciúme é pura vaidade
Se tu foge, o tempo logo traz ansiedade
Respirar o amor, aspirando liberdade

Tenho a vida doida, encabeço o mundo
Sou ariano torto, vivo de amor profundo
Sou perecível ao tempo, vivo por um segundo
Perdoa, meu amor, esse nobre vagabundo

Quanto tempo tenho pra matar essa saudade?
Meu bem, o ciúme é pura vaidade
Se tu foge, o tempo logo traz ansiedade
Respirar o amor, aspirando liberdade

Tenho a vida doida, encabeço o mundo
Sou ariano torto, vivo de amor profundo
Sou perecível ao tempo, vivo por um segundo
Perdoa, meu amor, esse nobre vagabundo

Sou perecível ao tempo, vivo por um segundo
Perdoa, meu amor, esse nobre vagabundo
Perdoa, meu amor, esse nobre vagabundo
Perdoa, meu amor, esse nobre vagabundo

Quanto tempo tenho pra matar essa saudade?
Meu bem, o ciúme é pura vaidade
Se tu foge, o tempo logo traz ansiedade
Respirar o amor, aspirando liberdade

Tenho a vida doida, encabeço o mundo
Sou ariano torto, vivo de amor profundo
Sou perecível ao tempo, vivo por um segundo
Perdoa, meu amor, esse nobre vagabundo
Perdoa, meu amor, esse nobre vagabundo
Perdoa, meu amor, esse nobre vagabundo

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Marcio Mello. Essa informação está errada? Nos avise.
Legendado por Felipe. Revisões por 4 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts