Abril

Darvin

exibições 19.804

Voltamos à estaca zero então
Como se o tempo nos dissesse não
E o vento leva nossos sonhos
Pelas brechas de nossas mãos

Talvez seja melhor fingir
Quando ninguém parece ouvir
O som das lágrimas que caem
Sob a chuva fina do céu de abril

Pode parecer que não tentamos o bastante
Não é fácil ir adiante
Nem tão fácil estar aqui
Vamos correr, a vida ainda é tão grande!

E Leva os nossos pés pra um lugar distante
Tão longe de onde as mãos podem tocar
Nos faz querer trocar tudo por um instante
E quem sabe o verão possa voltar...

Não tente se culpar assim
Palavras são só palavras no fim
E o olhar se perde ao longe
Quando não há motivos pra sorrir

Talvez seja melhor fugir
Não encarar o dia que insiste em vir
E como as folhas no outono
Deixo você livre pra seguir

Pode parecer que não tentamos o bastante
Não é fácil ir adiante
Nem tão fácil estar aqui
Vamos correr, a vida ainda é tão grande!

E Leva os nossos pés pra um lugar distante
Tão longe de onde as mãos podem tocar
Nos faz querer trocar tudo por um instante
E quem sabe o verão possa voltar...

Quando a luz é pouca e a vista é turva
E o perigo mora antes da curva
Você reza para tudo terminar
De um jeito que o verão possa voltar

E Leva os nossos pés pra um lugar distante
Tão longe de onde as mãos podem tocar
Nos faz querer trocar tudo por um instante
E quem sabe o verão possa voltar...

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Thiago Niemeyer / Vitor Almeida · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Viviane, Legendado por Rodrigo
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.