Pra Ontem

Darvin

exibições 15.815

15 anos de idade, a mais popular da classe
Ninguém sabe o que ela tem,
Pra onde ela vai de onde ela vem
De cabelo colorido, com seu piercing no umbigo,
Tudo fica mais azul com o seu sorriso

De onde será então que essa tristeza vem?
Ela não sabe e ninguém sabe também
Por que viver parece uma morte eterna e o tempo parou

Deitada na areia, o seu cabelo clareia,
Pra que serve o sol e o mar, se a sua angústia não passar?
Com seu rosto de princesa, bonita por natureza
Desfilando por aí a sua beleza

De onde será então que essa tristeza vem?
Ela não sabe e ninguém sabe também
Por que viver parece uma morte eterna e o tempo parou

Ninguém fala mais em nós, será que alguém mais ouve a nossa voz?
Ninguém sabe, ninguém lembra mais aquela tarde, que o tempo parou

Não sei dizer se aquilo era profundo, se ela queria era correr pro fim do mundo
Tudo era fácil assim demais, pra que correr atrás? Agora ela se foi só que ela não vai voltar mais
Só que ela não vá voltar mais
Ainda assim pra que ir adiante? Se a alegria dura pouco ou um instante, quem poderia imaginar daquele oitavo andar que ela ia partir? Só que ela não vai voltar mais
Só que ela não volta mais

De onde será então que essa tristeza vem?
Ela não sabe e ninguém sabe também
Por que viver parece uma morte eterna e o tempo parou

Ninguém fala mais em nós, será que alguém mais ouve a nossa voz?
Ninguém sabe, ninguém lembra mais aquela tarde, que o tempo parou

Ninguém fala mais em nós, será que alguém mais ouve a nossa voz?
Ninguém sabe, ninguém lembra mais aquela tarde, que o tempo parou

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir