Não há paciência , decadência ,
Para aturar as tuas cenas , porque a tua aparência ,
Destrói todos os meus dilemas , ante cenas , e
Problemas , que provem de todos os teus temas,
Sou sincera , realista , quando falo para ti ,
Ou queres brincar a apanhada , para me apanhares a mim ?
Eu sou sincera digo tudo o que quero dizer ,
Não me fales em poesia , quando nem sabes escrever ,
Móis e remóis , e constróis uma barreira entre nós ,
Foi como foi , e destróis , tudo o que havia entre nos
Eu já não oiço a tua voz , com tanta decadência ,
Falas-me em negligencia , olha só a coincidência ,
É na minha aparência , que me falas em verdade ,
E julgas , dizes não ter a minha infantilidade ,
Eu sou sincera , sou criança , mas também sou mulher ,
E já estou farta , apanhada , por te ouvir dizer ,
Que me amas e veneras , queres ficar só a dois ,
Eu respondo sai do quarto , nós falamos depois.

Falamos depois , pouco há para dizer
Porque para nos os dois , já nada há a fazer ,
Sai da minha porto , fecha e não entres mais ,
Não vale a pena , as palavras são banais

As palavras são banais , porque eu não te quero mais ,
E os sentimentos iguais , não os encontro mais ,
Não vale a pena , não te esforces , puseste o ponto final ,
Chega de esquema , não tornes maior a minha moral
Eu tenho pena , sente a cena , mas não posso fazer nada ,
O meu lema , não é tema , para conversa fiada ,
Só lamento , aproveitasses quando eu te dava tudo ,
Temos pena , que lutasses , antes de sair do mundo ,
Onde dizias , que era nosso , em que eu era tua ,
A única coisa que querias , ter-me numa nua ,
Eu era tua , sempre tua , mas deixei de o ser ,
Querias nua , toda tua , mas nunca chegaste a ter ,
Eu só lamento , vai-te embora , fecha a porta e sai ,
Eu aguento , está na hora , por favor não voltes mais,
Dizes que amas e veneras , queres é ficar a dois ,
Pega os preservas , sai do quarto , nós falamos depois.

Falamos depois ,ja á pouco há para dizer
Porque para nos os dois , já nada há a fazer ,
Sai da porta fora, fecha e não entres mais ,
Não vale a pena , as palavras são banais

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts