Mesmo dentro da prisão
Eles não paravam de louvar
Mesmo presos pelos pés e pelas mãos
Eles não se cansavam de clamar

Eu quero ver a glória do senhor descer
Eu quero ver a prisão se abalar
As correntes vão cair ao chão
E sobre mim deus vai estender a mão-bís
Meu senhor eu quero ver

Como paulo e silas quero louvar
Nada e nem ninguem me impedirá
Eu ergo a minha voz pra te pedir senhor
Derrama a sua glória sobre mim

(coro)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: DIEGO / Romualdo. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Diego. Revisão por Diego. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog