Foto do artista Djonga

Amr Sinto Falta da Nssa Ksa

Djonga


Amor, sinto falta da nossa casa
Mas logo eles me esquecem, ninguém é novidade pra sempre
Esse é meu assalto a banco
E, no momento, eu tô em direção ao cofre com o gerente
Só queria tá com você
Usando mais a língua que Sikêra Júnior
Meu medo é que essa correria te tire de mim
Por você eu juro, nega, que eu volto a andar no Uno
Se bem que, não me deram nada de mão beijada
Agora que virou, querem beijar minha mão
É o talento de Marlon Brando ou respeito de Corleone
Que me fez virar Poderoso Chefão?
Segurando o nó na garganta
Pra não fazer dilúvio na cena
Evitando falar de problemas pessoais
Pra que consumam porque é bom, pô, e nunca por pena
Aos 25, tudo na mão, deixei a família bem, é
Como que não emociona?
Cê chega a querer pular de bungee jump sem corda
Só pra ver se o capacete funciona
Perguntam como, não é o que eu canto, é como eu canto
Eu como o canto, eu vivo isso 24 hora
Tem coragem de abdicar e não demonstrar fraqueza
Tipo esses papo de que homem não chora
Eu juro que eu jogo com tudo e não me contundo
E só me contento em te ver sorrir
É o nosso sustento, busca no fundo
Que eu faço girar o mundo

Uuuh, yeee, yeee, yeee, yeee
Uuuh, yeee, yeee, yeee, yeee

Gustavo, eu tô aqui mandando mensagem pr'ocês, às vezes
Nó, o Marcola tá doidão
Mas né não, cara, de coração
Todas as suas música, cara, que é que é isso, sô?!
E aquele pulin que ocê dá, pai! Aquele pulin ali, sô!
Eu tô no ritmo aqui em casa até agora daquele pulin!
Cê tá doido, sô?!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir