Oi de conversa em conversa

Você vai arranjando um meio de brigar
Oi de palavra em palavra você está querendo
É nos separar

Parece até que o destino uniu-se com você
Só pra me maltratar
Pois cada dia que passa é mais uma tormenta
Que eu deixei ficar

Nosso viver não adianta
É melhor juntarmos nossos trapos

Arrume tudo que é seu
Que vou separando os meus farrapos
Vivendo dessa maneira continuar é besteira

Não adianta não, não, não

O que passou é poeira

Deixa de asneira que eu não sou limão

Não sou limão, eu não!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Haroldo Barbosa / Lúcio Alves · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Paramhig
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.