Blitz Funk

Dudu Nobre

exibições 1.790

Saindo de um baile funk, numa beca das mais elegantes
Indo pra um samba distante encontrar com meu amor, com meu amor
Bati de frente, com uma blitz gigantesca
Um truculento de forma grotesca, sem cerimônia, me abordou

(Refrão)
"Mãos ao alto! Documento!"
Mandou no ato um gorducho sargento
Eu pedi calma naquele momento
E o papa-mike cismava que eu era ilegal
Ô araponga, sou parente
De um faca longa de alta patente
Ele retrucou: "Songa monga, não mente,
Tu é gerente da boca local.

Larguei uma cascata, eu era pastor em Vigário Geral
E o bispo chefia era muito influente com a linha de frente do Banco Central
Detestando ligar pra Bangu, saquei então de bêra o meu celular
O valente correndo portando escopeta, veio só para esclarecer,
Confundiu meu Samsung importado com uma granada roubada ao QG.

(Refrão)

Com a coisa mal parada, eu tentei subir no fator social
Falei de um cunhado que é contra-parente de um general
E na hora que era bola fora, então penteei e bolei o final:
O senhor perde seu tempo comigo, a pista está cheia assim de Lalau,
Meu negócio é curtir baile funk, roda de samba, etc e tal!

(Refrão)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir