Forrobodó
Pó pará
Pó pará
Pó pará
Pó pará... já!
Papo com papo
Só papo
Com papo papô
Pô... pô... pô

Prá quem é bom de bate-boca,
pessoal, vamos brincar.
O nome dessa brincadeira é TRAVALÍNGUA,
quem for errando sai da roda.
Vamos lá que a confusão vai começar.

O peito do pé do pobre padre
padre Pedro é preto.
Tem um tigre, tem dois tigres
tem três tigres tristes
num ninho de mafagafo
cheio de mafagafinhos.
Desmafagador será quem os desmafagar e
na grade da gruta um grupo grande
de gringo gripado
grande gruta grade grega gringo grogue
Olha eu quero ver qual de vocês
consegue agora repetir tudo outra vez

Isso é bate-boca
é morde-beiço,
é quebra queixo,
é trinca-dente,
é troca-tudo,
é travalíngua.
Pessoal, vamos brincar,
vamos ver quem pode falar tudo que eu mandar
vamos tomar fôlego que é prá recomeçar,
vamos ver quem pode falar tudo que eu mandar
vamos tomar fôlego... (inspira forte)

O gringo grogue
troca tudo
O sapo sêco
morde beiço
O mafagafo
capa a paca
O padre Pedro
travalíngua
O pé do tigre... ficou preto
O rato safo rói o tôco
E o rei Raul mordeu a véia
E o coxixo deu bochicho
E a véinha bochechou
um chá de bucho
e a bochecha desinchou
É morde-beiço
É quebra-queixo
É trinca-dente
É troca-tudo
É travalíngua
É bate-boca

O rato roeu roupa real
do rei Raul de Roma
Sapo seco e sapo safo
num saco de sapo
Quando a paca empaca, capa a paca
e faz paca capada.
Traga o prato, apronta o prato
que esse prato atrai
velha da bochecha murcha,
moça da bochecha inchada.
Toco podre, toco cru pegando fogo
olha eu quero ver qual de vocês
consegue agora repetir tudo outra vez.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir