Beijos de nove minutos a luz do luar
O trem pra fora dos trilhos
Perdido vagão
E o coração naufragado a procura de um mar
Pra consumar o fato
Os automóveis passando sobre a solidão
Prédios tão indiferentes nem olham pra nós
E é nessa hora que o tempo passa mais veloz
E você dorme comigo
E se eu soubesse andar nas chuvas sem molhar
Talvez assim eu aprendesse a deixar de amar você
Isso se eu não quisesse mais andar descalço
Pela trilha luz que leva ao teu abraço
To ficando mais velho
To ficando mais tolo
To ficando mais menino, e mais apaixonado por você
Já não temo o futuro no próximo segundo
Posso te reconhecer, me perdoar, te perdoar
E jamais te esquecer.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Antonio Pastori / Eduardo Alves. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts