Nas ruas escuras
Se tornou um alvo fácil demais
Se perdeu com a luz da lua
E o medo perturbava sua paz
Tentou correr mais
Mas as sombras dos seus erros
Estavam sempre atrás
Pra lembrar
Do seu passado e provar
Que era tarde demais

Refrão:
Corria pelas ruas
Tentando entender
Pois um caminho deserto podia ver
Não sentia seus pés no chão
Era apenas o medo e a solidão
Fantasmas do passado
Voltaram pra ficar
E ele ali cansado
Tentando respirar

Notou que a noite não tinha um fim
Quem dera fosse um sonho ruim
Queria acordar e ver o sol nascer
Mas a solidão o fez perceber
Que o seu passado não era o ideal
E os fantasmas da lembrança
Iriam até o final
Ao seu lado

Refrão:

Deitou no chão como se fosse a primeira vez
Chorou então ignorando suas próprias leis
Ao ver no meio da rua escura
Seu rosto pela úlima vez

Refrão:

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir