A sua lagrima de dor eu não posso mais conter,
Mas o instinto podre seu eu consigo enxergar,
E o que intimida meus desejos não se atreve segurar,
Pois minha honra esta em jogo e por isso vou vencer,
E se é com todos que me pisam que eu preciso demonstrar,
Você se engana, pois o mesmo jogo é sempre contra mim,
E a segurança é o orgulho é quem vai representar,
Porque as dores do momento não importam para você,


E o sangue das mãos é quem vai carregar,
O meu solitário coração ruim,
Qualquer sacrifício vai alimentar,
Pra que tenha orgulho daquilo que eu sou,


Então corto todos os pontos procurando reação,
Se a ferida está aberta já não sei para onde ir,
E o meu amparo vai cair esperando proteção,
E mesmo assim palavras ditas eu não deixarei partir,
Mas com cuidado e humildade vou levantar e esquecer,
Daqueles que cuspiram sempre na minha direção,
E a espada levantada eu sei que vai pesar,
Mas se o esforço não existe não tem gloria pra valer.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts