Carta aos Desinteressados

Esteban

exibições 65.668

Dizem pra eu parar de fumar, de beber, de tomar meus remédios
Não pouse em Congonhas, não voe perto dos prédios
Dizem como eu devo agir, quais são os meus direitos
Eles que sabem de tudo, todos os meus defeitos

O que eu faço da vida?
Cadê o dinheiro no extrato?
Tenho que ficar quieto quanto ao mundo
Enquanto o mundo é cada vez mais chato
E tá na hora de dormir, mas eu não tô cansado
Abrace o travesseiro, garoto
E finja que ela está do seu lado

Só quero tomar conta de mim e esquecer vocês
Dar meu tiro pro alto
Fazer errado só mais uma vez
Só quero que isso chegue ao fim
Até o fim do mês
Vou aprender a me fazer de louco
Pra não perder a minha lucidez

Quem são os maus educados que querem me educar?
Como eu devo agir, prosseguir e lutar
Sempre dizendo o que é melhor pra mim
Sempre tentando arrancar algo de mim

Eu não sou super herói
Eu não sou especial
Eu não preciso de ajuda de ninguém legal
Eu não te peço esmola, nem pedaços de pão
Não tem remédio pra esse coração

Só quero tomar conta de mim e esquecer vocês
Dar meu tiro pro alto
Fazer errado só mais uma vez
Só quero que isso chegue ao fim
Até o fim do mês
Vou aprender a me fazer de louco
Pra não perder a minha lucidez

Quem vocês pensam que sou?
Quem vocês acham que são?
Ninguém vai me segurar quando eu cair no chão
Eu já cai no chão, ninguém me deu a mão

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir